LGPD: como funciona a nova lei e como adequar sua empresa a ela
LGPD LOGO x

Neste artigo abordaremos a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), atualmente um assunto muito importante para as organizações, pois implica em uma série de responsabilidades e mudanças que as empresas terão de tomar.

Tal lei se baseou na General Data Protection Regulation (GDPR), uma regulamentação da União Europeia para o tratamento seguro e consentido dos dados pessoais da população europeia.

Nesse sentido, o objetivo da LGPD é garantir a segurança e transparência no uso dos dados pessoais das pessoas físicas. Tal lei foi sancionada no dia 14 de agosto de 2018 e entra em vigor a partir de agosto de 2020.

Tópicos abordados:

  • O que são considerados dados pessoais?
  • Como funciona hoje o tratamento de dados pessoais?
  • O que diz a LGPD?
  • Qual a amplitude da lei?
  • Como funcionará a fiscalização para garantir o cumprimento da lei?
  • Penalidades ao descumprir a lei
  • Como adequar sua empresa à LGDP

O que são considerados dados pessoais?

Primeiro é importante entender quais dados são considerados na hora da aplicação da lei. De acordo com o Artigo 5º da lei:

Dado pessoal: informação relacionada à pessoa natural identificada ou identificável, ou seja, são informações como: telefones, endereços, RG, CPF, e-mail, fotos e vídeos.

Dado pessoal sensível: dado pessoal sobre origem racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso, filosófico ou político, dado referente à saúde ou à vida sexual, dado genético ou biométrico, quando vinculado a uma pessoa natural. Ou seja, são quaisquer informações que podem gerar algum tipo de discriminação.

Como funciona hoje o tratamento de dados pessoais?

Atualmente as informações pessoais da maior parte das pessoas são utilizadas, sem consentimento, para fins comerciais ou outros. Isso gera uma série de problemas em relação à privacidade da população, justamente pelo fato de dados pessoais serem compartilhados sem autorização clara do titular dessas informações.

Por isso se viu uma necessidade de implementar uma lei que regule a forma que as organizações armazenam, coletam, descartam e utilizam as informações de pessoas físicas.

O que diz a Lei Geral de Proteção de Dados?

De acordo com a lei:

  • É necessário obter um consentimento explícito por parte do titular dos dados.
  • O titular deverá ter conhecimento em relação à quais dados estão sendo armazenados e quais são os termos de uso dessas informações.
  • A empresa deverá ter um documento que comprove a autorização do titular (tal documento deve ter as informações sobre a utilização dos dados de forma clara, para ter certeza de que o titular tem consciência do que será feito com suas informações).
  • A empresa deverá garantir a segurança dos dados.
  • A pessoa física pode a qualquer momento exigir a remoção de conteúdos que contenham informações suas.
  • A lei tem aplicação extraterritorial, ou seja, qualquer organização que trate de dados de cidadãos brasileiros terá de se regularizar conforme a LGPD.
  • É necessário que todos os processos que envolverem dados pessoais estejam dentro das exigências da lei, por isso, empresas parceiras que acabam participando de tais processos devem se adequar para não sofrerem penalidades.

Segundo o artigo 4º da lei, não se aplicam ao tratamento de dados pessoais aqueles realizados por pessoa natural para fins particulares e não econômicos, para fins jornalísticos, artísticos, acadêmicos; fins de segurança pública, defesa nacional, segurança do Estado ou atividades de investigação e repressão de infrações penais.

A lei também mostra algumas definições a respeito dos encarregados no tratamento dos dados. De acordo com o artigo 5º da lei:

  • Titular: pessoa natural a quem se referem os dados pessoais que são objeto de tratamento;
  • Banco de dados: conjunto estruturado de dados pessoais, estabelecido em um ou em vários locais, em suporte eletrônico ou físico;
  • Controlador: pessoa natural ou jurídica, de direito público ou privado, a quem competem às decisões referentes ao tratamento de dados pessoais;
  • Operador: pessoa natural ou jurídica, de direito público ou privado, que realiza o tratamento de dados pessoais em nome do controlador;
  • Encarregado: pessoa indicada pelo controlador e operador para atuar como canal de comunicação entre o controlador, os titulares dos dados e a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD)
  • Agentes de tratamento: o controlador e o operador;

Nesse sentido, é possível entender que são quatro os principais responsáveis pelo processo de tratamento de dados, sendo eles o titular, o operador, controlador e o encarregado.

Além disso, a LGPD estabelece as situações que envolvem o processo de tratamento de dados:

  • Tratamento: toda operação realizada com dados pessoais, como as que se referem à coleta, produção, recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transmissão, distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação ou controle da informação, modificação, comunicação, transferência, difusão ou extração;
  • Anonimização: utilização de meios técnicos razoáveis e disponíveis no momento do tratamento, por meio dos quais um dado perde a possibilidade de associação, direta ou indireta, a um indivíduo;
  • Consentimento: manifestação livre, informada e inequívoca pela qual o titular concorda com o tratamento de seus dados pessoais para uma finalidade determinada;
  • Bloqueio: suspensão temporária de qualquer operação de tratamento, mediante guarda do dado pessoal ou do banco de dados;
  • Eliminação: exclusão de dado ou de conjunto de dados armazenados em banco de dados, independentemente do procedimento empregado;
  • Transferência internacional de dados: transferência de dados pessoais para país estrangeiro ou organismo internacional do qual o país seja membro;

Qual a amplitude da lei?

De acordo com o artigo 3º da LGPD, as normas se aplicam a qualquer operação de tratamento realizada por pessoa natural ou por pessoa jurídica de direito público ou privado, independentemente do meio, do país de sua sede ou do país onde estejam localizados os dados, desde que:

  • A operação de tratamento seja realizada no território nacional;
  • A atividade de tratamento tenha por objetivo a oferta ou o fornecimento de bens ou serviços ou o tratamento de dados de indivíduos localizados no território nacional;
  • Os dados pessoais objeto do tratamento tenham sido coletados no território nacional.

Como funcionará a fiscalização para garantir o cumprimento da lei?

De acordo com a nova legislação, a fiscalização será realizada pela Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), que tem o poder de solicitar relatórios de risco à privacidade sempre que entender como necessário. Caso sejam identificadas irregularidades, o órgão pode aplicar multas.

Penalidade ao descumprir a lei

Com o descumprimento da LGPD, as multas podem chegar a até 50 milhões de reais, além disso, a empresa pode perder o direito do uso de dados.

De acordo com o artigo 52, infrações cometidas às normas da LGDP, leva às seguintes sanções:

  • Advertência, com indicação de prazo para adoção de medidas corretivas;
  • Multa simples, de até 2% (dois por cento) do faturamento da pessoa jurídica de direito privado, grupo ou conglomerado no Brasil no seu último exercício, excluídos os tributos, limitada, no total, a R$ 50.000.000,00 (cinquenta milhões de reais) por infração;
  • Multa diária (observado o limite total a que se refere no tópico anterior) ;
  • Publicização da infração após devidamente apurada e confirmada a sua ocorrência;
  • Bloqueio dos dados pessoais a que se refere a infração até a sua regularização;
  • Eliminação dos dados pessoais a que se refere à infração;

Como adequar sua empresa à LGPD?

Em primeiro lugar, é necessário revisar os processos do tratamento de dados, assim como todo o ciclo de vida destes dentro da empresa, desde o momento em que são coletados e armazenados, até um possível compartilhamento ou eliminação dos mesmos.

É importante analisar com muita cautela exatamente como e por onde esses dados passam, para que a empresa possa avaliar com precisão quais procedimentos deve tomar para que a transação destes dados esteja conforme os regulamentos da lei.

Outro detalhe é dentro da empresa orientar certos colaboradores que sejam responsáveis pela fiscalização do tratamento de dados, além de determinar aqueles que serão os operadores, controladores e o encarregado. Desta forma, a organização consegue ter maior controle destes processos e consegue evitar penalidades.

Fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2018/Lei/L13709.html

Conheça a Natcorp

A Natcorp é uma empresa que a mais de 25 anos atua na área da tecnologia. Fornecemos a nossos clientes um sistema integrado completo para uma gestão de RH eficiente e tecnológica.

A parte fundamental de uma empresa, sem dúvida alguma são as pessoas. Não existe crescimento sem um grupo de profissionais capacitados, motivados e focados em resultados. Este capital humano também necessita de reconhecimento, atenção, treinamento, remuneração compatível e boa gestão para que as metas sejam alcançadas.

Utilizando nossa solução tecnológica é possível gerir o capital humano da sua empresa de maneira muito mais eficaz!

Entre em contato conosco para receber mais informações sobre a nossa solução completa para a gestão de pessoas da sua organização.

https://www.natcorp.com.br/solucoes/

Gostou do artigo? Compartilhe este texto!

Assine nossa newsletter e receba mais conteúdos relevantes sobre RH!

Deixe seu comentário

Agende uma Conversa

Trabalhe Conosco

teste_Prancheta 1

ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL

Tenha eficiência na administração e armazenamento de informações pessoais e funcionais dos colaboradores.

Esta ferramenta é integrada ao módulo do eSocial e permite que as atividades operacionais do Departamento Pessoal sejam simplificadas com a automatização total dos processos. Além disso, garantimos a segurança das operações com um sistema que está sempre atualizado às legislações trabalhistas.
  • Administração e Gestão de Pessoal
  • Gestão de Cargos e Salários
  • Plano de Carreira
  • Desenvolvimento
  • Treinamento
  • Muito +

Solicite Suporte

sistema-rh

FINANCEIRO

Simplifique a geração da folha de pagamento na sua organização. As informações financeiras são processadas de maneira rápida, fácil, eficiente e automatizada. Nesse sentido, os cálculos são feitos pelo sistema, adequados a Consolidação das Leis do Trabalho e às regras e definições sindicais, assim como as da organização. Além disso, acompanha a relação da empresa com o ministério do trabalho, INSS, receita federal, bancos e fornecedores de serviços.
  • Folha de Pagamento
  • Gestão de Remuneração Fixa
  • Gestão de Remuneração Variável
sistema-rh

PONTO ELETRÔNICO

Realize a gestão e controle das informações de frequência dos colaboradores, gerando dados de pagamentos, controle de escalas, jornadas, abonos, faltas e muito mais. Com um sistema de ponto eletrônico totalmente integrado, problemas podem ser evitados em relação às jornadas de trabalho e seus reflexos na folha de pagamento, médias, rescisão e compra de benefícios.
  • Controle de Escalas e Jornadas
  • Abonos de marcações
  • Controle de ocorrências, afastamentos e justificativas
  • Gestão de horas para folha
  • Marcação de ponto on-line
  • Integrações com relógios de ponto
  • Atendimento às Portarias 1510 e 373
sistema-rh

JURÍDICO

Os processos trabalhistas podem representar um alto ônus para as empresas, sendo assim, o DP deve estar sempre atento a todas as regras ditadas pela Legislação e assegurar que tudo está normalizado.

Entendendo o tamanho da responsabilidade em manter essa área sempre nos eixos, não podendo sair nunca do controle e a dificuldade para acompanhar todas as regras pertinentes, entendemos que é necessário que o DP, e os gestores estejam sempre em acompanhamento, portanto desenvolvemos essa ferramenta de Processos Trabalhistas para a sua melhor gestão.
  • Gestão de Processos Trabalhistas
sistema-rh

VAGAS E RECRUTAMENTO

Gestão e acompanhamento do orçamento de pessoal, criação de vagas e recrutamento. Calcule com eficiência o impacto financeiro de novas contratações e garanta um bom planejamento no quadro de vagas de sua empresa. Pesquisar pessoas chaves para determinadas vagas e acompanhamento de carreira dentro da organização, quando cadastrados seus dados profissionais dentro do banco de talentos.
  • Recrutamento e Seleção
  • Headcount
  • Orçamentos
  • Gestão de Talentos
teste-08

SAÚDE E SEGURANÇA

Os recursos humanos demandam total atenção quanto ao cuidar bem da saúde e segurança, além de ser uma obrigação social, é uma exigência legal de acordo com as Normas Regulamentadoras da legislação.

Gestão da Medicina e Segurança do Trabalho por meio do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), mantendo constantemente atualizadas as informações para a emissão do Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP).
  • Segurança do Trabalho
  • Medicina Ocupacional
teste

PEOPLE ANALYTICS

Indicadores inteligentes para você e sua empresa. Integrado a todos os módulos do sistema, o People Analytics é uma ferramenta que auxilia nas tomadas de decisão da sua organização, expondo gráficos e planilhas com indicadores relevantes para uma gestão e administração eficiente dos colaboradores. Com essa funcionalidade, você consegue fazer uma análise mais objetiva das informações, reduzir riscos na hora de tomar uma decisão, e ter uma gestão mais estratégica e automatizada.
  • Indicadores Analíticos e Sintéticos
  • Flexibilidade na utilização
  • Cruzamento de informações
  • Ferramentas para exportação de dados
  • Integração com ferramentas de BI
  • Muito +
teste

GESTÃO DE BENEFÍCIOS

Os benefícios corporativos são uma excelente forma de reter talentos nas empresas, promover o bem- estar dos colaboradores e aumentar a produtividade.

Neste módulo, é possível realizar o gerenciamento e ter o completo tratamento dos benefícios da empresa, com uma ampla gestão.
  • Gestão de informações dos benefícios fixos e variáveis
  • Gestão de dados para compra de benefícios
  • Exportação de valores calculados para folha
  • Controle de custos em visão macro e micro
  • Regras para disponibilidade de benefícios
  • Muito +
teste

ESOCIAL

Ferramenta ágil, preparada para se adaptar facilmente às mudanças e exigências legais. As informações são obtidas diretamente dos cadastros do sistema, que possuem um alto nível de parametrização para o eSocial. Contando com mensageria própria, esta ferramenta se constitui numa solução completa, preparada para atender plenamente às necessidades de empresas de diversos portes e de diferentes áreas de atuação.
  • Gerenciamento e envio das informações obrigatórias
  • Gestão de envio e recebimento
  • Mensageria própria
  • Controle de Logs de envio e retornos do governo
  • Muito +
sistema-rh

AVALIAÇÃO

Montagem, gestão e controle de todos os tipos de avaliações. Com essa funcionalidade, a empresa poderá aplicar periodicamente vários tipos de metodologias de avaliações, visando planos estratégicos de desenvolvimento e performance dos times e colaboradores. Realize o acompanhamento dos resultados integrados ao People Analytics e planos de bonificações por conquistas.
  • Criação de qualquer modelo de avaliação
  • Gestão e avaliação de metas (KPIs)
  • Gestão de competências
  • Feedbacks
  • Relatórios gerenciais
  • Muito +
teste

REQUISIÇÕES ELETRÔNICAS

Processos muito mais ágeis e inteligentes para os o RH, descentralizando e dando autonomia para os gestores e colaboradores nas solicitações rotineiras e de impactos.

Completo atendimento às necessidades das empresas. Todas as requisições são submetidas às políticas e workflow das empresas, considerando acessos e níveis de hierarquia.
  • Promoções e Movimentações
  • Vagas e Pessoas
  • Ponto Eletrônico
  • Benefícios
  • Férias
  • Desligamento
  • Muito +
sistema-rh

TREINAMENTOS E DESENVOLVIMENTO

O processo de treinamento é considerado uma peça-chave para que os colaboradores aprendam com eficiência suas atribuições e possam desenvolver suas habilidades e novas competências, aumentando seus resultados e gerando aprimoramento pessoal e profissional. Nosso módulo de Treinamento e Desenvolvimento auxilia esses processos a atingirem resultados vantajosos para os colaboradores e para sua organização.
  • Planejamento de treinamento
  • Planejamento de turmas
  • Necessidades de treinamento
  • Gerenciamento das informações de treinamento
  • Acompanhamento e planejamento orçamentário
  • Avaliação de treinamentos
  • Avaliação de treinados
  • Controle de competências
  • Controle de despesas
  • Muito +
sistema-rh

FERRAMENTAS

Para complementar as operações do RH, disponibilizamos uma série de ferramentas administrativas e de comunicação para trazer tecnologia e agilidade nos processos

Possibilidade de realizar comunicados internos através do blog. Extrair diversos relatórios disponíveis no sistema. Criar agendamentos de processos atrelados aos alertas. Realizar a gestão de documentos de forma eletrônica, eliminando a necessidade de papel e agilizando o acesso às informações. Crie e gerencie as hierarquias de fluxos de aprovações para as requisições eletrônicas.
  • Blog Corporativo
  • Gerenciadores e extratores de informações
  • Agendamento
  • Alertas
  • Workflow
  • Gestão Eletrônica de Documentos
sistema-rh

PORTAIS

São diversas funcionalidades gerenciais e operacionais para dar autonomia aos usuários, dar acesso às informações e criar agilidade para o RH.

O acesso ao portal pode ser realizado através de dispositivo smartphone, tablet e desktop por utilizar tecnológica responsiva e acessando as funcionalidades do dispositivo.
  • Portal do Gestor
  • Portal do Colaborador
  • Portal do Operador
  • Currículo de Candidato
  • Chamado