Os benefícios do sistema de remuneração variável

Os benefícios do sistema de remuneração variável

Engajando os colaboradores da sua organização

Neste artigo você entenderá como métodos de remuneração variável podem envolver os colaboradores da sua empresa a serem cada vez mais produtivos! Quais os benefícios da remuneração variável? Como implantar esse sistema de remuneração na minha empresa?

Respondemos aqui estas e outras questões.

Além disso, você entenderá como esse sistema de remuneração estratégica pode ser mais interessante do que os sistemas de remuneração tradicionais.

Um salário fixo não é o suficiente para que as pessoas sejam produtivas dentro de uma organização. Diversos estímulos são necessários para que os colaboradores se sintam mais animados para terem um bom desempenho e a remuneração estratégica é um desses estímulos.

Remuneração Estratégica vs Remuneração Tradicional/Funcional

As práticas de Remuneração Variável entram no que chamamos de Remuneração Estratégica. O conceito de Remuneração Estratégica representa uma forma de pagamento que une o salário fixo mais benefícios (remunerados e não remunerados), desta forma se valoriza o esforço e a produtividade dos colaboradores. 

Nesse sentido, a Remuneração Estratégica se difere muito do sistema de remuneração funcional/tradicional. 

No sistema de remuneração tradicional, que também é conhecido como Plano de Cargos e Salários, o colaborador recebe um salário fixo mais os benefícios previstos pela lei, conhecidos como salário indireto, e reúne: Vale Transporte, Vale Alimentação, Vale Refeição, Assistência odontológica, entre muitos outros.

Produtividade

Como aumentar a produtividade e desempenho na empresa é uma preocupação constante dos gestores, por isso, é importante encontrar alternativas que sejam boas tanto para a organização, quanto para os colaboradores da mesma.

Existem várias maneiras de se incentivar as pessoas dentro das empresas, e a remuneração variável é uma delas. Tal programa de recompensas pode influenciar diretamente na produtividade dos colaboradores, já que exige engajamento e um bom desempenho em suas atividades produtivas. 

Valorizando as pessoas

Gerando motivação, compromisso, desempenho e resultado.

Todos desejam ter seu trabalho valorizado e ser reconhecido pelo seu esforço, portanto, faz uma grande diferença receber recompensas ao bater metas e ter um alto desempenho. 

Tipos de Remuneração Estratégica/Variável

Estes são os principais tipos de remuneração variável que as empresas utilizam atualmente no mercado:

  • PLR (Participação nos Lucros e Resultados)
  • Bônus 
  • Comissão
  • Remuneração por Competências ou Habilidades
  • Participação acionária

Como funcionam essas remunerações? 

Participação nos Lucros e Resultados: 

Representa um ganho financeiro por parte dos colaboradores referente a resultados obtidos pela organização como, por exemplo, atingindo metas.

Bônus

É uma forma de reconhecer aqueles que se destacaram de alguma forma, batendo metas individuais ou metas de grupo. O bônus pode ser financeiro ou não, sendo entregue também através de cursos, viagens ou um carro, por exemplo.

Comissão

A comissão é dada principalmente para aqueles que trabalham com vendas na empresa. Este tipo de remuneração variável serve para aumentar os resultados comerciais da organização, sendo uma recompensa que se baseia no valor gerado por aquele colaborador (o quanto vendeu). 

Remuneração por Competências ou Habilidades 

A remuneração por competências é uma recompensa financeira baseada nas qualificações, habilidades e competências do profissional. Nesse sentido, se valoriza os conhecimentos e a especializações dos colaboradores, se diferenciando de uma remuneração baseada apenas no cargo.

Participação acionária

Na participação acionária, é oferecida ao colaborador uma ação da empresa, podendo ser grande, pequena, em forma de quotas ou ações, tudo isso depende da empresa. 

Nesse sentido, o colaborador consegue receber os dividendos ou ganhar com a venda daquela ação. Independente do caso, ele sempre estará atrelado aos resultados da organização, assim, é possível que aqueles que possuem participação acionária se sintam engajados em fazer a empresa crescer e obter melhor desempenho.

Benefícios dos sistemas remunerações variáveis:

  • Estimula a dedicação tanto individual, quanto em equipe.
  • Aumenta a produtividade da empresa.
  • Reduz despesas.
  • Reforça os valores da organização.
  • Valoriza o esforço e desempenho do colaborador.
  • Incentiva a meritocracia.
  • Ajuda na retenção de talentos.
  • Evita um alto índice de turnover.

Remunerações variáveis podem trazer todos estes benefícios, já que quando se aumenta a produtividade pelo incentivo de recompensas, custos diminuem, há um maior desempenho, colaboradores mais satisfeitos e um fortalecimento da cultura da empresa. 

Outro ponto importante é a questão da retenção de talentos, já que quando a organização traz essas recompensas, o colaborador se sente mais valorizado e mais disposto a permanecer naquela empresa. 

Portanto, quando implementada corretamente a remuneração variável traz vantagens tanto para o colaborador, quanto para a empresa. Quando se dá a oportunidade para as pessoas ganharem por seu maior desempenho e esforço, a meritocracia vigora e incentiva os colaboradores a cada vez mais se superarem, afinal serão recompensados por isso. 

E como monto um sistema de remuneração variável na minha empresa

Primeiro é necessário entender qual modelo de remuneração combina mais com o perfil dos colaboradores e com a cultura da organização. Depois, planejar o orçamento e os modelos de remuneração para cada departamento.

É importante identificar quais processos impactam mais no crescimento da organização e que trazem ganhos financeiros notáveis quando mais produtivos.  Mas não significa aplicar a remuneração variável apenas para um departamento, é interessante tentar colocar a maior parte dos colaboradores dentro desse sistema, para que não se sintam desencorajados.

Acompanhando os resultados

Também é importante acompanhar os resultados trazidos pela implementação das remunerações variáveis com o uso de indicadores estratégicos (KPI’s), pois desta forma é possível identificar se os resultados estão sendo positivos e se a produtividade da organização está realmente crescendo.

Identificar os indicadores mais relevantes para medir o desempenho individual e das equipes é necessário na hora de acompanhar os resultados e até mesmo antes de colocar em prática o sistema de remuneração variável.

Mas, atenção! Faça um planejamento.

É preciso cuidado e planejamento na hora de implantar programas de remuneração variável, se não, pode trazer mais problemas do que benefícios. Os estímulos errados podem estar associados a metas que priorizam a rapidez de atividades e podem fazer com que a qualidade do produto/serviço diminua por conta de pressa para finalizar as tarefas e bater as metas.

Por isso é relevante estabelecer metas que incluam, além de redução de tempo, um índice de qualidade e desempenho dos serviços. A utilização de pesquisas de satisfação, tanto para os departamentos da empresa, quanto para os clientes é uma boa forma de analisar se os resultados estão andando lado a lado com a qualidade.

Competitividade 

Em relação à competitividade entre os colaboradores, é interessante além de metas individuais, sempre colocar metas em equipe ou departamento, para que todos se esforcem juntos e para que a competitividade entre as pessoas não seja excessiva, mas que também aprendam a cooperar em um objetivo comum.

Metas distintas

 Outro ponto importante sobre as metas é a distinção destas por áreas, afinal, existem departamentos onde é mais difícil defini-las, como na área de TI, Recursos Humanos, Marketing e Logística. Cada departamento necessita de metas e estratégias específicas para atingir o melhor resultado.

Nesse sentido, é necessário entender que políticas de remuneração variável na empresa podem gerar resultados muito positivos quando aplicadas com cuidado e planejamento.

Sistema de Gestão de RH – HCM

Utilizando um software de gestão de RH é possível administrar as remunerações variáveis de forma automatizada, tornando o processo menos trabalhoso e mais eficiente. Assim, os gestores podem focar no planejamento estratégico e nos resultados e não nos processos burocráticos e mecânicos do dia a dia. 

As tarefas operacionais são otimizadas e consequentemente, diminuem os custos operacionais.

Natcorp

No sistema integrado Natcorp, é possível administrar todas as formas de remuneração. Com esta ferramenta, os processos de políticas de remuneração se tornam mais eficientes e produtivos, além de garantir maior controle e acompanhamento das remunerações a partir de análise de dados e indicadores que auxiliam na definição das políticas de remuneração.

Entre em contato conosco para receber mais informações sobre a nossa solução completa para a gestão de pessoas da sua organização.

https://www.natcorp.com.br/solucoes/

Gostou do artigo? Compartilhe este texto!

Assine nossa newsletter e receba mais conteúdos relevantes sobre RH!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.